Receba nossas postagens em seu Email

Clipe da Semana - Adele a nova sensação da música mundial

Loading...

Charges do Maurício Ricardo

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Você se torna eternamente responsável por aquilo que cativa."- Antoine de Saint-Exupéry


Então a raposa apareceu.

"Bom dia", disse a raposa.

"Bom dia", o Pequeno Príncipe respondeu educadamente. "Quem é você? Você é tão bonita de se olhar."

"Eu sou uma raposa", disse a raposa.

"Venha brincar comigo", propôs o Pequeno Príncipe. "Eu estou tão triste".

"Eu não posso brincar com você", a raposa disse. "Eu não estou cativada".

"O que significada isso – cativar?"

"É uma coisa que as pessoas freqüentemente negligenciam", disse a raposa. "Significa estabelecer laços".

"Sim" disse a raposa. "Para mim você é apenas um menininho e eu não tenho necessidade de você. E você por sua vez, não tem nenhuma necessidade de mim. Para você eu não sou nada mais do que uma raposa, mas sem você me cativar então nós precisaremos um do outro".

A raposa olhou fixamente para o Pequeno Príncipe durante muito tempo e disse: "Por favor cativa-me."

"O que eu devo fazer para cativar você?" perguntou o Pequeno Príncipe.

Você deve ser muito paciente". Disse a raposa. "Primeiro você vai sentar a uma pequena distância de mim e não vai dizer nada. Palavras são as fontes de desentendimento. Mas você se sentará um pouco mais perto de mim todo dia."


Então o Pequeno Príncipe cativou a raposa e depois chegou a hora da partida dele – "Oh!" disse a raposa. "Eu vou chorar".

"A culpa é sua", disse o Pequeno Príncipe, "mas você mesma quis que eu a cativasse".

"Adeus", disse o Pequeno Príncipe.

"Adeus", disse a raposa. "E agora eu vou contar a você um segredo: nós só podemos ver perfeitamente com o coração; o que é essencial é invisível aos olhos. Os homens têm esquecido esta verdade. Mas você não deve esquecê-la. Você se torna eternamente responsável por aquilo que cativa."

9 comentários:

  1. Oi Poeta....

    Estou aqui conhecendo sua casa....

    Gostei muito da acolhida...logo de cara vem o "Pequeno principe" me receber...com aquela conversa famosa com a raposa....e como ele mesmo disse:"Você se torna eternamente responsável por aquilo que cativa."

    grd abraço!

    Zil

    ResponderExcluir
  2. Renato,

    Obrigada pelo gentil convite ...
    Adorei seu blog e Te Sigo com Alegria.
    Esse é um dos mais belos trechos do Pequeno
    Príncipe .Escolha excelente !



    Bjo e um Dia Feliz.

    ResponderExcluir
  3. Dei uma passada breve por aqui, gostei. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Renato, querido,
    eu a-do-ro o pequeno príncipe ...
    mas não seria menos maravilhosa com medo da responsabilidade de cativar alguém ... acho esse romantismo possessivo prejudicial à Humanidade ... sou adepta a sair cativando todos e tudo .. assim como quero muito ser cativada pelo Mundo ...

    querido,
    grata plo convite por participar aqui, gostei daqui ... ocorre que mal tenho tempo de manter meus dois blogs e mais alguns 'espacinhos' virtuais que tenho ... então agradeço muito o convite, mas ...

    beijinhos ...

    ResponderExcluir
  5. Demorei, Renato, mas cheguei. O Pequeno Principe é um gigante em filosofias que provocam os sentimentos humanos. Abraços

    ResponderExcluir
  6. Olá Sr. Poeta Renato Douglas,

    É um prazer conhecer o seu maravilhoso espaço de Literatura, Arte e Poesia com toda certeza este é um blog repleto de encantos... parabéns pelos textos.

    Agradeço sua visita ao ECOS DA ALMA seja bem vindo e volte sempre!!!

    Kárcio Sángeles
    www.ecosdaalma.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, poeta
    Me incentivou a uma releitura do clássico O pequeno Príncipe
    Abs
    Janete

    ResponderExcluir
  8. Fui Cativado por esse Blog (risos) .. Mas por enquanto ainda tenho um blog q é só um blog .. espero q vc dê uma passada lá! Espero que seja cativado por meu blog! Abraço!

    ResponderExcluir

Alto-falantes

Músicas da Semana

Ocorreu um erro neste gadget